A origem da cidade de São Paulo

A cidade de São Paulo além de capital do estado é uma das principais cidades do país e de grande relevância para todo o mundo. Atualmente a cidade já está com mais de 460 anos e abriga muita história e culturas variadas de sua população.

A origem da cidade de São Paulo foi por conta de uma missão, ordenada pela ordem religiosa jesuítica. Por volta de 1553 os padres José de Anchieta e Manoel da Nóbrega partiram do litoral do estado em uma viagem pela Serra do Mar com o objetivo de encontrar um bom lugar para estabelecer um povoado e catequizar os nativos.

Alguns meses depois os sacerdotes chegaram à uma região com clima semelhante ao que estavam habituados na Europa, e próxima aos rios Tamanduateí e Anhangabaú. Nessa região, construíram um colégio e no dia 25 de janeiro de 1554 celebraram uma missa, o vilarejo se tornou a grande cidade que conhecemos e desde então celebramos o aniversário de São Paulo nesta mesma data.

Fonte: São Paulo Turismo

Anúncios

Corpo de Bombeiros de São Paulo

Atualmente, mesmo que de forma modesta em alguns casos, todas as cidades possuem seu batalhão do corpo de bombeiros para proteger a cidade em casos de incêndios e emergências variadas. Mas nem sempre foi assim, até 1880 a cidade de São Paulo não tinha nenhuma organização para atuar em situações como essas. Para suprir tal necessidade, no dia 10 de março de 1880 foi oficialmente fundado o Corpo de Bombeiros Paulista. Na época boa parte do grupamento era formada por guardas civis, da corporação conhecida como companhia de urbanos.

Com o desenvolvimento da cidade a corporação teve que acompanhar o ritmo. Atualmente o Corpo de Bombeiros é uma instituição ligada à polícia militar e da mesma forma é coordenada pelo governo estadual.

Muito além de atuar no combate à incêndios, os bombeiros estão presentes para resgatar feridos em acidentes de transito, por exemplo, para garantir a segurança dos banhistas no litoral, além das ações de prevenção organizando brigada de incêndios em empresas e realizando vistorias em locais de grande circulação de pessoas.